Celso Antunes - nascido em São Paulo, 1937

Bacharelado e licenciatura: Geografia

Especialista em Inteligência e Cognição

Mestre em Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 1968/1972

Atuação:

• Membro da Associação Internacional pelos direito da criança brincar (UNESCO);

• Embajador de la Educacion - Organización de Estados Americanos;

• Membro fundador da entidade “Todos pela Educação”;

• Consultor Educacional da Fundação Roberto Marinho (Canal Futura);

• Exército brasileiro - colaborador emérito;

• Autor de mais de 180 livros didáticos - Ed. do Brasil, Ed. Scipione., Ed. Ao Livro Técnico e outras;

• Autor de cerca de 100 livros sobre temas de educação - Ed. Vozes., Ed. Papirus, Editora Paulus, Editora Loyola, Ed. Artmed, Ed. Rovelle, Ed. Ciranda Cultural e outras;

• Obras traduzidas: Argentina, México, Peru, Colômbia, Espanha, Portugal e outros países;

• Ministrou palestras e cursos em todos os estados do país, mais de 500 municípios.

• Ministrou palestras e cursos na Argentina, Uruguai, Peru, México, Portugal, Espanha e outros países.
SOBRE O LIM

O LIM (Laboratório de Inteligências Múltiplas) tem como objetivo estimular o cérebro dos educandos, aguçando a sensibilidade e animando o afeto de quem o propõe.
CONTATOS

SUDESTE
Avenida General Teixeira Lott, 1.142
+55 11 4193-8957 /  +55 11 2883-7775

contato@lim.net.br

SUL
+55 41 3402-4806

contatosul@lim.net.br
Copyright © 2016. LIM  ·  Todos os direitos reservados  ·  Produzido por
Embora eu considere absolutamente desnecessário uma apresentação, fui informado que o protocolo exigia a leitura de um currículo e por isso, me apresento: Meu nome é Celso, nasci em São Paulo e na infância comi terra, botei lombrigas, achei e quebrei cupim para a galinhada, inventei mistura de sal, fermento e açúcar, esfreguei bicarbonato nos dentes e grudei esparadrapo para estreitar as orelhas.

Roubei guaraná, escondi bilhete em garrafa, brinquei com fogo e molhei a cama, corri e escondi-me fingindo-me bandido, empinei papagaio, joguei bolinha, enterrei garrafa com casca de abacaxi, fui picado de marimbondo, amarrei lata em rabo de gato, tive sarampo, caxumba, fui internado com crupe, corri de vaca braba, espiei no buraco da fechadura. Fuji de casa por meia hora e voltei, apanhei e fui dormir com fome.

Construí caçambas com lata de óleo, caí de árvore, quebrei o braço, comi manga e tomei leite e fiquei com dor de barriga, contei estrelas e choquei para-choque de caminhão.
Joguei bola na rua, colei na escola, fui campeão de botão, roubei beijo envergonhado, segurei vela. Aprendi a ler, chupei cana e assobiei ao mesmo tempo, fumei cigarro de chuchu, assisti seriado do Tarzan, ri muito com Carlitos, armei arapucas, fiz coisa feia e fiquei com medo da confissão, acordei com pijama molhado e escondi embaixo do colchão, tive espinhas no rosto e calos na mão, tirei cavalinho da chuva, fui carteiro e virei homem.

Fiz Geografia e depois o mestrado em Educação, dei aula em toda parte e para toda gente, virei o mundo atrás de escola e professor e depois escrevi livros didáticos e um montão de outros destinados a professores e pais, professoras e mães ou ao contrário.

Fiz palestras em escolas, teatros, boates, igrejas, churrascaria e praça pública, tive um montão de livros traduzidos no exterior.

Já estive em tudo quanto é lugar, jamais recusei convite, viajei até em carroça e
para minha felicidade hoje estou aqui com vocês.